O que fazer em Lisboa: principais pontos turísticos

Para responder à pergunta “o que fazer em Lisboa?” seria necessário escrever um livro, se fôssemos realmente apresentar tudo o que a cidade oferece.

Você pode viajar para Lisboa diversas vezes e, mesmo assim, sempre terá algo novo a fazer e a ver.

Cidade portuguesa cheia de história (e uma ligação profunda com o Brasil por conta das naus de Cabral), Lisboa é um lugar onde um passeio te faz querer se perder pelas ruazinhas.

Como capital de Portugal e sua maior cidade, Lisboa oferece inúmeras atrações turísticas, principalmente para quem gosta de história, arquitetura e cultura.

Saiba agora o que fazer em Lisboa – ao menos as principais atrações e pontos turísticos! Entre elas estão:

  • Torre de Belém
  • Mosteiro dos Jerónimos
  • Padrão dos Descobrimentos
  • Castelo de São Jorge
  • Parque das Nações
  • Sé de Lisboa
  • Panteão Nacional
  • Elevador de Santa Justa
  • Café A Brasileira
  • Experiência Pilar 7
  • Feira da Ladra
  • Miradouros
  • LX Factory
  • Arco da rua Augusta
  • Convento do Carmo
  • Praça do Comércio

Repare que nesta lista não há nenhum museu, pois sobre eles você poderá ler com mais detalhes no post que escrevemos com os melhores museus em Lisboa. 😉

Pontos turísticos de Lisboa

Pontos turísticos de Lisboa

Torre de Belém

Quando você for ao bairro de Belém – que não pode ficar de fora do seu roteiro de o que fazer em Lisboa -, já encontrará de cara vários pontos turísticos super conhecidos, como a Torre de Belémo Mosteiro dos Jerônimos, o Padrão dos Descobrimentos e a fábrica do icônico Pastel de Belém. Isso só para falar dos mais conhecidos, porque tem mais coisas para fazer e ver por lá.

A Torre de Belém foi erguida no século XVI às margens do Rio Tejo e inicialmente funcionava como fortaleza. Depois, foi usada também como farol e até como prisão. Hoje, é um dos principais cartões postais da cidade e é considerada patrimônio mundial pela UNESCO.

  • Endereço: Avenida Brasília – Belém, Lisboa 1400-038
  •  Funcionamento: de outubro a abril, das 10h às 17h30; de maio a setembro, das 10h às 18h30
  • Custo: € 6
  • Site: http://www.torrebelem.gov.pt

Torre de Belém em Lisboa

Mosteiro dos Jerónimos

Em estilo arquitetônico conhecido como manuelino (por conta do Rei D. Manuel I, que mandou construí-lo), o Mosteiro dos Jerónimos foi erguido a mando do rei como forma de representar todo seu legado, relacionado principalmente à expansão marítima de Portugal.

Não é à toa que o mosteiro fica às margens do Tejo, exatamente na região onde partiam as naus em direção ao Novo Mundo. 

Ali você verá, por exemplo, logo na entrada da igreja do mosteiro, os túmulos de Vasco da Gama e Luis de Camões. Em anexo ao Mosteiro, encontra-se o Museu Nacional de Arqueologia.

  • Endereço: Praça do Império
  • Funcionamento: de outubro a abril, das 10h às 17h30; de maio a setembro, das 10h às 18h30
  • Custo: € 10
  • Site: http://www.mosteirojeronimos.gov.pt

Mosteiro dos Jerónimos em Belém, Lisboa

Se quiser economizar em Lisboa, faça as contas e avalie se comprar o Lisboa Card não é a melhor opção para você. Ele inclui acesso gratuito a 23 museus da cidade, além de ser um bilhete que dá acesso ilimitado para o transporte público. Ele está disponível para um, dois ou três dias.

Padrão dos Descobrimentos

A relação de Portugal com o mar é uma marca na história do país e o Padrão dos Descobrimentos é um monumento que simboliza isso. Foi neste local que Pedro Álvares Cabral partiu com frota em direção ao Brasil.

Também na beira do Rio Tejo, a construção artística de 56 metros de altura é uma homenagem aos tempos de glória marítima do país, representando 32 personagens históricos portugueses, como Bartolomeu Dias, Fernão de Magalhães, Vasco da Gama, Luís de Camões, Pedro Álvares Cabral e muitos outros.

Não deixe de prestar atenção também na incrível e gigante rosa dos ventos no piso em frente.

  • Endereço: Av. Brasília 
  • Funcionamento: de outubro a fevereiro, das 10h às 18h; de março a setembro, das 10h às 19h
  • Custo: Bilhete para exposição, filme e mirante – € 6
  • Site: http://www.padraodosdescobrimentos.pt

Padrão dos Descobrimentos em Belém, Lisboa

Castelo de São Jorge

Construído pelos mouros no século XI, o Castelo de São Jorge é uma das atrações turísticas mais antigas da cidade e precisa estar no seu roteiro de o que fazer em Lisboa.

Erguido para proteger a cidade, foi tomado pelo rei D. Afonso Henriques no período de invasão cristã na região. Após o rei expulsar os muçulmanos, o castelo recebeu influências arquitetônicas cristãs, sendo então nomeado como Castelo de São Jorge (padroeiro do exército) e começou a ser utilizado pela Corte Portuguesa.

  • Endereço: Endereço: R. de Santa Cruz do Castelo
  •  Funcionamento: de novembro a fevereiro, das 09h às 18h; de março a outubro, das 09h às 21h
  • Custo: € 10
  • Site: http://castelodesaojorge.pt

Castelo de São Jorge em Lisboa

Sé de Lisboa

O termo “Sé” é utilizado em Portugal para se referir às catedrais do país. Portanto, Sé de Lisboa é a Catedral de Lisboa, também chamada de Igreja de Santa Maria Maior.

Ela foi construída em 1147 pelo rei D. Afonso Henriques em cima de uma antiga mesquita muçulmana. A arquitetura da Sé tem fortes traços românicos.

  • Endereço: Largo da Sé 
  • Funcionamento: segunda a sábado, das 9h às 19h; domingo, das 9h às 20h

Igreja da Sé de Lisboa

Panteão Nacional

Com sua cúpula branca de grande imponência e uma vista incrível para o Rio Tejo, o Panteão Nacional se chama também Igreja de Santa Engrácia, e é um monumento onde grandes nomes portugueses como Amália Rodrigues, o escritor Almeida Garrett, Humberto Delgado, entre outros, estão sepultados.

De arquitetura barroca, o Panteão é um dos pontos turísticos em Lisboa que merece uma visita.

Panteão Nacional de Lisboa
Panteão Nacional de Lisboa

Elevador de Santa Justa

Lisboa é uma cidade com muitas ladeiras, por conta disso, você vai se deparar com alguns elevadores pela cidade e o Santa Justa é um deles.

Com 45 metros de altura e feito de ferro forjado, ele liga a Rua do Ouro com o Largo do Carmo. É um dos quatro elevadores de Lisboa e funciona também como mirante.

Elevador de Santa Justa em Lisboa

Café A Brasileira

Abriu as portas em 1905 com a propaganda de ser o autêntico café mineiro! Fica no bairro do Chiado, bastante turístico e é considerado um dos cafés tradicionais em Lisboa. Foi ponto de encontro de artistas e jornalistas, incluindo o poeta Fernando Pessoa, que tem até uma estátua em sua homenagem no local.

  • Endereço: Rua Garrett 120
  • Funcionamento: diariamente, das 08:00 às 02:00
Estátua de Fernando Pessoa Café A Brasileira
Estátua de Fernando Pessoa em frente o Café A Brasileira

Arco da rua Augusta

Construído para representar a força de Lisboa após renascer de um terremoto em 1755, o Arco da rua Augusta, ou arco Triunfal, é um incrível monumento de estilo neoclássico que foi inaugurado em 1873.

Desde 2013 é possível subir no grande Arco e ver parte da cidade lá de cima e sua posição faz com que se pareça um grande portal entre a cidade e o mar.

  • Endereço: Rua Augusta, Nº 2
  • Funcionamento: diariamente, das 09h às 20h
  • Custo: € 3 

Compre seu ingresso aqui, online e em total segurança

Arco da Rua Augusta Lisboa

Convento do Carmo

A primeira coisa que chama atenção nesta atração turística em Lisboa é o fato de o Convento não possuir teto, ou seja, o céu cobre a igreja. Simbólico, não?

Idealizado em 1389, o convento foi a principal igreja em estilo gótico da cidade e foi parcialmente destruída pelo grande terremoto de 1755. A reconstrução começou a ser feita, porém, devido ao fato de, na época, não haver mais Ordens Religiosas em Portugal, a obra foi interrompida.

Mas a ideia de uma igreja sem teto não foi ruim e o Convento do Carmo acabou ficando famoso justamente por isso. Dentro dele também fica o Museu Arqueológico do Carmo, que possui um pequeno acervo que vai do período paleolítico até o século XVI.

Convento do Carmo em Lisboa

Praça do Comércio

Impossível não ir à praça do Comércio em uma viagem a Lisboa. É uma das maiores da Europa e fica às margens do Rio Tejo, proporcionando uma vista linda das águas.

Era neste local onde chegavam os barcos mercantes e a praça acabava funcionando como porta de entrada de Lisboa.

Ela já foi moradia da família real por conta do Palácio construído ali, mas o terremoto de 1755 destruiu a construção e o lugar acabou virando a Praça do Comércio.

Feira da Ladra

Quem ama feirinhas de artesanato e antiguidades precisa colocar a Feira da Ladra na lista de o que fazer em Lisboa.

Essa feira é a mais antiga de toda a cidade e dizem que surgiu em meados do século XIII. Começou inicialmente de forma itinerante até ficar de vez no Campo de Santa Clara, em 1903.

A feira é grande e se vende de tudo, mas o que mais se encontra são souvenirs e antiguidades, além de roupas e utensílios domésticos. O nome Ladra seria por conta de antigamente serem vendidos muitos objetos “usados” que na verdade eram roubados.  

O diferencial é que é comum encontrar pessoas, sem ser donas de barraca, vendendo coisas próprias, como se fosse um brechó improvisado.

Ela funciona apenas às terças e sábados, e começa por volta das 9h ou 10h e vai até 16h aproximadamente.

Feira da Ladra em Lisboa

Principais Miradouros

Lisboa é uma cidade com muitos mirantes, os chamados “miradouros”. Por conta do sobe e desce da capital portuguesa, não é difícil também um lugar virar um mirante sem querer.

Alguns dos miradouros de Lisboa mais conhecidos são:  Castelo de São Jorge, Parque Eduardo VII de Inglaterra, São Pedro de Alcântara, Santa Catarina, Portas do Sol, Arco da Rua Augusta, Graça, Senhora do Monte, Elevador Santa Justa, Cristo Rei, Torel.

castelo de São Jorge em Alfama Lisboa
O monte onde está Alfama e o Castelo de São Jorge

LX Factory

Local onde a arte, criatividade e descontração vibram em Lisboa. LX Factory é como se fosse uma rua/bairro da cidade onde você encontra diversas lojas diferentonas, além de restaurantes e barzinhos.

O local, que fica em Alcântara, era inicialmente um complexo industrial e foi revitalizado nos últimos anos e transformado em uma “fábrica de cultura”, digamos assim.

Diversas empresas dos ramos da moda, comunicação, arquitetura, música, multimídia se instalaram na região. É um lugar bem legal para visitar!

o que fazer em Lisboa: LX Factor

Experiência Pilar 7

A experiência Pilar 7 consiste em ver de pertinho como é um dos pilares de uma das maiores pontes suspensas do mundo, a Ponte 25 de Abril.

Ela foi inaugurada em 1966, mas é desde 2017 que a Experiência Pilar 7 existe. O nome é, inclusive, por conta de a visitação acontecer no pilar de sustentação da ponte número 7.

A atração consiste em subir um elevador dentro do pilar que leva até um incrível mirante! Além disso, é possível ver o pilar por dentro e toda a estrutura de sustentação da ponte.

  • Endereço: Avenida da Índia, Pilar 7 (junto ao Vila Galé Ópera)
  • Funcionamento: diariamente – de maio a setembro, das 10h às 20h; de outubro a abril, das 10h às 18h
  • Custo: € 6 para adultos

Compre seu ingresso aqui, online e em total segurança

Parque das Nações

O Parque das Nações é uma das atrações de Lisboa mais novas, historicamente falando. Foi construído em 98 especialmente para sediar a Exposição Mundial de 1998 (Expo’98), uma grande feira mundial que reúne dezenas de países e empresas desde 1851. Foi um grande projeto de urbanização em uma área que estava degradada.

Atualmente, o lugar abriga várias opções de atividades, portanto, se estiver buscando o que fazer em Lisboa e estiver com dúvidas, vá para o Parque das Nações e se encante, logo de cara, com a arquitetura da Estação Oriente, que fica no local.

No Parque das Nações você vai encontrar, entre outras atrações:

Lá, você pode passar um bom tempo passeando pelos jardins e entrando nas atrações. Se você quiser saber detalhes de cada uma delas, como o funcionamento e o custo, entre no site do Parque das Nações:

É um passeio que agrada a todas as idades e uma ótima dica para quem quer saber o que há em Lisboa para crianças, aliás, a cidade tem um monte de atrações legais para os pequenos.

Parque das Nações Lisboa
Parte do Parque das Nações, com o prédio do Oceanário à esquerda.

E para quem gosta, saiba que há muitas praias perto de Lisboa que valem a pena a visita, caso tenha tempo de ir durante sua estadia na cidade.

Dicas extras para uma viagem incrível para Lisboa

Algo que não pode faltar no planejamento da sua viagem para Lisboa é a escolha  da hospedagem. Ninguém quer viajar para ficar num lugar ruim ou mal localizado, né?! E, se puder não ter que pagar uma fortuna para ficar em um bom lugar, melhor ainda.

Desta forma, indicamos a leitura de um post super completo que escrevemos no nosso outro blog, o Turista Profissional, sobre onde ficar em Lisboa. Ali apresentamos os melhores bairros para se hospedar e sugestões de boas hospedagens, sejam hostels, hotéis boutique ou hotéis de luxo.

pontos turísticos de Lisboa

Passeios bate e volta a partir de Lisboa

Se você quiser visitar outras cidades perto de Lisboa, saiba que é muito fácil. Há várias excursões de um dia partindo de Lisboa para destinos diversos. Algumas delas vão a mais de um destino no mesmo passeio, o que seria muito difícil fazer usando o transporte público.

Dentre as cidades mais procuradas estão: Sintra, Cascais, Fátima, Óbidos, Évora, Serra da Arrábida, Coimbra, Batalha, Alcobaça, Nazaré, algumas vinícolas...

Veja algumas opções de passeios abaixo:

 

Endereços importantes e horários em Lisboa

Confira abaixo a que horas abrem e fecham os estabelecimentos em Lisboa para que possa se organizar melhor:

  • Embaixada do Brasil em Lisboa: Estrada das Laranjeiras 144 - funcionamento de segunda a sexta, das 9:30 às 13:00
  • Consulado Geral do Brasil: rua António Maria Cardoso 39 (no Chiado) - atendimento de segunda a sexta, das 8:00 às 15:00
  • Bancos: de segunda a sexta, das 8:30 às 15:00
  • Metrô: todos os dias, das 6:30 à 1:00
  • Farmácias: em geral, de segunda a sexta das 9:00 às 19:00 e aos sábados das 9:00 às 13:00. Nos horários e dias que estão fechadas há sempre na porta uma indicação de qual é a farmácia de plantão 24 horas mais próxima.
  • Shoppings: todos os dias, das 10:00 às 23:00
  • Restaurantes: o almoço costuma ser das 12:00 às 15:00 e o jantar das 19:00 às 22:00

Seguro viagem para Portugal

seguro viagem para a Europa é obrigatório, mas Portugal é um caso à parte. Para Portugal, o que é obrigatório é ter um seguro saúde. Apesar disso, um seguro viagem é altamente recomendado e, atenção: é bem mais vantajoso, pois ele já vem com o seguro saúde + outros benefícios. E, em na maioria dos casos, é até mais barato.

Resumindo: vale a pena fazer um seguro viagem. Leia no texto "Seguro viagem para Portugal: tem que fazer?" tudo sobre esse assunto e tire as suas dúvidas.

Aqui mesmo você pode fazer a cotação do seguro viagem e ainda ganhar um desconto usando o cupom VIAGEMLISBOA:

Seguro Viagem: Europa
TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
AC 35 INTER Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 16/dia*
AT 40 INTER Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.500 R$ 11/dia*

Pesquise passagens aéreas baratas para Portugal aqui!

guia de LisboaE não deixe de conhecer também o guia de Lisboa que escrevemos em parceria com o blog Turista Profissional, o “Roteiro de 7 dias em Lisboa e arredores“,  que está cheio de dicas práticas e traz a sua viagem toda planejada dia-a-dia.

COMPRE SEU GUIA AQUI

Boa viagem!

11 COMENTÁRIOS

  1. Oi Ana, o post tá com muita coisa interessante para quem vai passar uns dias em Lisboa. Eu confesso que fui uma vez, rapidinho, e nem vi nada. E agora vejo que preciso voltar, principalmente para ver os monumentos mais antigos (você me conhece)…Adorei, bjs

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here